PITANGA do AMPARO - casa vogue magazine 1982
pitanga do amparo architecture, art, publishing house, doctoral research, interiors, biotecture, architectural theories, russian art, o grande experimento, suprematism, constructivism, arquitetura construtivista and worldwhitewall editora.

Click to the next publication
Cliquer pour la prochaine publication
Clicate per la pubblicazione seguente
Clique para a publicação seguinte


ESCRITÓRIO, LOCAL INSPIRADOR
COMO FILMES DE ANTONIONI

Numa área de 170 metros quadrados, escritórios da Huis-Clos, o arquiteto Pitanga do Amparo põe em ação o "tudo branco", como nos filmes de Antonioni dos anos 60.

Fotos Marcelo Tomé

.....No último andar de um edifício de São Paulo, com amplas janelas voltadas de um lado para o Jockey Club e do outro para o Clube Pinheiros, deveríamos cumprir o seguinte programa: recepção, sala de vendas com mostruários, estoque, sala de reunião/almoço, sanitários e copa. Através de uma escada interna chega-se à cobertura. Nova recepção, outro estoque, secretaria, diretoria. Um amplo terraço ocupava toda a testada da cobertura com vistas para o Jockey Club e tratamos de integrá-lo ao ambiente, criando enormes caixilhos expandidos, que além de avançarem no terraço, ampliam o espaço interno. Nos dois andares a interferência visual de um pilar retauigular bem no meio do ambiente. Tudo isso numa área de apenas 170 metros quadradros.
.....Duas hipóteses: do branco ao preto passando por vários tons de cinza, ou então (pausa/suspense)... "tudo branco", mas tudo mesmo, chão, paredes, teto, móveis, assim como nos filmes do Antonioni dos anos 60. Que tal?
.....Pelos olhinhos misto de espanto e fascinação já advinhava a resposta. Porém disse-me que iria pensar. No outro dia enquanto os operários iam quebrando paredes, arrancando divisórias, trocando a fiação velha, veio a confirmação: "Você não acredita! Sonhei esta noite com o escritório todo branco!"
.....Maquiavélica propaganda subliminar ou feliz coincidência? Não importa. A partir daquele momento tudo ficaria bem mais fácil.
.....Os projetos e as obras foram feitos em prazo recorde, quatro meses, tendo-se consumido mais quarenta dias para os últimos retoques e finalizações do mobiliário e objetos de adorno.

Pitanga do Amparo

1. A escada.
2. Em primeiro plano um cilindro-luminária, que esconde o pilar central. Ao fundo, mostruário dos sapatos.
3. Mesa em laminado branco, design de Pitanga. O quadro é de Takashi Fukushima.
4. Na recepção superior, mais uma vez a escultura de Pitanga.
5. A quebra do branco, com um quadro de Gilberto Salvador e com o preto do escritório no fundo.
6. Com telefone e calculadora, um outro ângulo da cena.
7. A sofisticada e simples presidência observando e sendo observada por entre o grande plano de vidro.


Click to the top
Cliquer pour le haut
Clicate per andare all'alto
Clique para o topo
top haut alto topo